Malignidade de alguns poderosos

Cobra é um contactado Pleidiano e tem estado em contacto com a Resistência subterrânea há 35 anos. Numa entrevista com Dane Arr  em 22 Outubro de 2017 foi-lhe pedido para classificar o grau de malignidade de alguns poderosos. Numa escada de 0 a 10, este foi o resultado!

Entrevista na totalidade neste link:

Entrevista Cobra pelo Preparem-se para a Mudança ~ Outubro de 2017

Energias da Lua-Nova de 19 de Outubro

Energias da Lua-Nova de 19 de Outubro

Este é o momento para reconhecer os relacionamentos complicados. É uma encruzilhada da vida na qual será fácil perceber aquilo que já não nos serve.

Quer sejam relacionamentos de carácter pessoal, profissional ou até com bens ou objectos, esta lunação pode dar-lhe o “insight” que necessita para fazer as escolhas daquilo que levará a uma libertação dos velhos padrões de sentimentos e pensamentos que estavam estagnados.

E Lua-nova dá-se no grau 25 de Balança, “subindo para o cume da montanha” onde se avizinha o Escorpião. Dessa forma, todos os delicados e instáveis equilíbrios estão prontos para serem a matéria-prima da transmutação alquímica que se poderá realizar.

Já que esta configuração envolve Urano em oposição ao stélium Júpiter-Sol-Mercúrio-Lua, a percepção do que há que fazer, facilmente surgirá com pensamentos repentinos e intuitivos que aflorarão sem causa aparente. Decisões que pareciam difíceis de tomar surgem agora com lucidez e decisão radical.

Caso não se aventure a tomar as necessárias decisões, primeiramente a sincronicidade poder-lhe-á fornecer pistas e caso persista em adiar o inevitável, é possível que o destino “fale mais alto” criando condições disruptivas para que a escolha seja feita.

A intuição é a chave!

Uma vez que Saturno está envolvido na figura astrológica, fazendo o lindo sextil à Lua-Nova, promete-lhe reestruturar, a seu tempo, tudo o que agora se partiu. Isto está evidenciado, uma vez que este planeta é regente do tempo e da estrutura e está á beira de ingressar no seu domicílio (Capricórnio).

Não há tempo para questionar. As decisões têm de ser tomadas ainda sem certezas dos resultados. Por isso há aqui um exercício de Fé e confiança de que tudo correrá bem independentemente do caos emocional gerado por eventuais decisões intempestivas. Essa é a natureza de Júpiter que assiste e participa nesta linda geometria cósmica libertadora. Confie no seu coração. Ele é o ponto de união entre o Espírito e a Alma. Não confunda o sentimento superior daquilo que tem que ser feito com a emoção inferior daquilo que o ego quer.

Úrano retrógrado ao fazer oposição a esta lunação convida Júpiter trovejante lançar um raio definidor no seu destino. Além disso promete-lhe que o caos gerado neste momento será reconfigurado e reestruturado mais tarde. Já que Úrano regressará ao seu movimento directo lá para o fim do ano, quando Saturno já estiver no seu domicílio.